O santuário de Caraça, homens e lobos

 

Em Minas Gerais, a cerca de 120 km de BH, há um lugar excepcional: o santuário de Caraça. No coração da Serra d’Espinhaço, que culmina a mais de 2000 metros de altitude, este local, como o próprio nome sugere, foi antes de mais um lugar de meditação e oração.

Résultat de recherche d'images pour "santuario de caraça image"

http://www.pinterest.com/pin/669910513295900385/

A beleza selvagem da paisagem e o isolamento do local têm atraído homens em busca de espiritualidade e amantes da natureza por mais de dois séculos, mas cada vez mais visitantes vêm para observar um espetáculo excepcional: a visita noturna dos lobos-guarás que vêm comer em frente à igreja em completa liberdade. Estes magníficos canídeos dos cerrados à beira da extinção, acostumaram-se a comer a poucos metros dos muitos bípedes curiosos em frente a tal audácia. Estes lobos manejados, ou Chrysocyon brachyurus, são canídeos ferozes (que não são realmente lobos canis lupus mas) que se tornaram hospedeiros regulares depois que o Padre Tobias, em 1982, teve a idéia de alimentar estes visitantes que estavam principalmente focados no lixo. Os pratos de carne deixados na varanda na « hora do lobo » não mudaram seus hábitos alimentares, e os crisociões às vezes deixam os turistas « famintos », mas em um lugar de mágica tranquilidade, que só vale a pena visitar.

Résultat de recherche d'images pour "santuario de caraça image"

source : www.atlasobscura.com/places/maned-wolves-of-santuario-do-caraca

Hoje, muitos « competidores » competem com lobos-guarás pelos pratos deixados pelos técnicos do santuário. Um par de antas, embora herbívoros, cães do mato (cachorros da mata), jaguarondis, uma skunk às vezes participam dessas festividades noturnas. (Lobos-guarás bem como dividir espaço de refeição)

Nós também vimos aqui pela imensa riqueza dos lugares em termos de biodiversidade e paisagens. A localização desta notável área de mais de 11.000 hectares em uma área de transição entre a Mata Atlântica e os cerrados, que é semelhante a uma savana, entre 700 e mais de 2000 metros acima do nível do mar, permitiu a justaposição de ecossistemas muito diferentes. Todas estas virtudes, geológicas, paisagísticas, faunísticas e florísticas foram « consagradas » com a criação do Parque Natural da Caraça (RPPM ou Reserva Particular do Patrimônio Natural).  Visitantes, caminhantes realizados ou caminhantes ocasionais, poderão praticar ecoturismo ao seu gosto e adaptado ao seu nível físico.

Durante o dia, muitas caminhadas podem ser feitas com ou sem guia. 7 picos da Serra da Caraça aproximam-se ou ultrapassam os 2000 metros. A utilização de guias devidamente registados no registo local é necessária para os passeios de montanha. Cachoeiras, piscinas naturais, variações em áreas naturais entre três tipos de vegetação (Mata Atlântica do interior, Cerrado e savana de Altitude, predominante a partir de 1300m de altitude), relevos variados (caminhada, escalada) fazem do parque um local privilegiado de ecoturismo. Alguns locais, como o « Banho do Imperador », uma piscina natural onde Pedro II tinha vindo para se banhar, são acessíveis a partir do complexo do santuário. Para outros, o prazer é ganho após horas de esforço.

A flora é excepcional. A biodiversidade florística é caracterizada pela vegetação da savana dos cerrados e pela biomassa florestal da Mata Atlântica. A vegetação dos Cerrados é subdividida em « campos impospos » (literalmente campos limpos), « campos sujos » (campos sujos) e campos rochosos. As florestas também são muito diversificadas (mata de galeria, mata ciliar ao redor dos rios, mata de encosta ou mata de piedmont). Existem mais de 1000 espécies de angiospérmicas, incluindo uma grande variedade de orquídeas e bromélias, e mais de 200 variedades de pteridófitas. O parque abriga mais de 80 espécies de plantas ameaçadas de extinção e espécies endêmicas de savanas rochosas.

A fauna também é excepcional. São 42 espécies de répteis, 57 espécies de anfíbios, 400 espécies de aves, o que o torna um importante local de observação e pesquisa ornitológica, e cerca de 80 espécies de mamíferos, algumas delas criticamente ameaçadas de extinção, segundo a IUCN. Além das espécies emblemáticas da região, o lobo-guará, o puma (onça parda ou suçuarana), a jaguatirica, a anta, o jaguarundi, o tatu, o queixada, o tamanoir fazem parte do rico bestiário do parque.

Finalmente, a história também não deve ser ultrapassada.  É esta privação cristã que o Imperador D. Pedro II procurou quando se dirigiu ao mosteiro fundado em 1770 pelos religiosos portugueses.  O Irmão Lourenço escolheu este lugar isolado para construir a capela de Nossa Senhora dos Homens, em estilo barroco. Em 1820, o Rei de Portugal, D. João VI, deu toda a posse de Lourenço, que tinha herdado para a coroa portuguesa, aos irmãos Lazaristas portugueses. Eles então empreenderam a construção de uma escola e de um seminário. Até seu fechamento em 1968, essa faculdade capacitaria um grande número de figuras políticas e econômicas do Brasil, incluindo dois presidentes da república. Em 1883, os irmãos Lazaristas construíram a primeira igreja neo-gótica do país no mesmo local, na antiga e apertada capela construída pelo Irmão Lourenço. Deste complexo, ainda hoje podemos ver as ruínas do colégio restauradas após o incêndio de 1968, a igreja neo-gótica, o claustro e as catacumbas. Os amantes da história poderão visitar a biblioteca e o museu, que contém objectos do santuário desde a sua criação, incluindo a cama onde o imperador Dom Pedro II dormiu.

Votre commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l’aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion /  Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l’aide de votre compte Twitter. Déconnexion /  Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l’aide de votre compte Facebook. Déconnexion /  Changer )

Connexion à %s